Terça, 03 Agosto 2021 16:14

MENINOS DE RUA

Escrito por
Vote neste texto
(0 votos)

MENINOS DE RUA

                     Cassiano Santos Cabral

 

Múltiplos rostos

Olhos sem luas

Carentes de afeto

Vivem sem teto

Entre os vetos do mundo

Na labuta suada

Pelas madrugadas

São brancos e negros

E muitos os medos...

 

Avançam mais e mais

Vendendo jornais

Caminhos plurais

Muitas andanças

Entre a dor e insegurança

Presos as amarras da sorte

Vencem a visita da morte

Driblando a falta de fé

Em calada oração.

 

E pesam todas as horas

Na bagagem do olhar

Entre balas e doces

O açúcar nas mãos

A venda em vão

Sem o pão e nem o sonho

Apenas trocados nos bolsos

E seguem por entre agostos

De uma vida invernal.

 

 

 

 

 

 

 

Lido 221 vezes Última modificação em Terça, 10 Agosto 2021 12:42

Mais recente de Cassiano Gilberto Santos Cabral

Mais nessa categoria: « FERAS

1 comentário

  • Link do comentário Maria Benedita dos Santos Terça, 03 Agosto 2021 18:49 públicado por Maria Benedita dos Santos

    Maravilhosa! A cada criação você mostra que o teu talento vem da alma! Alma poeta!

Deixe um comentário