Aplicado o filtro por Data: Abril 2017

O Céu é das Mulheres...

Elas merecem o Céu! Bendito sejam os seus dias...

As Mulheres! Ah! As mulheres! Lindas...

Maravilhosas! Incompreensíveis!

Muitas vezes mais do que dedicadas, amorosas, carinhosas...

E quando querem o que não querem! Sai de baixo! Rrrss...

Elas merecem serem homenageadas todos os dias e mais:

Elas merecem o Céu!

Merecem todo o nosso Amor e Carinho!

Sempre será época para homenagear as mulheres.

No seu dia do ano, na época certa para exercitá-los: todos os dias!

Estive pensando porque não dedicam a elas os efeitos das homenagens e do amor e do carinho todos os dias: Sorrir! Chorar de alegria! Abraçar! Dividir! Dar atenção! Um colinho! Um Olá! Olá como vai! Etc. e tal! Um beijinho! Um selinho!

E aí tenho pensado, quem de nós tem mais sensibilidade?

O homem ou a mulher?

Quem reclama mais de atenção, de amor, e de carinho?

De imediato dirão: a mulher!

Também acho!

Espetacular observar o carinho e o amor que elas dedicam em tudo, para tudo...

Reclamam porque a recíproca nem sempre é verdadeira!

Temos que admitir!

Somos brutos!

Assim crescemos de joelhos ralados e canelas inchadas.

Também, só pontapés!

Coitados de nós, homens...

E das mães; elas sofreram, como nós guerreiros!

E algumas vezes campeões de alguma coisa...

Na raça! Na malandragem! Ufa!

Mas talvez haja mesmo uma explicação para essas diferenças e queixas das mulheres em relação a nos homens!

Essa constatação é que elas, na infância, também deram duro!

Mas apenderam a brincar de "amarelinha"! Dai alguém poderá perguntar e dai?

Dai, acho que é porque elas aprenderam a evitar o inferno e sempre procuravam ir para o céu, objetivo do jogo...

Da vida!

Quem se lembra das meninas desde cedo brincando de "amarelinha"! Pulando o inferno!

Buscando sempre e de uma perna só o melhor quadrado de vida: O Céu! Lembram!

Até hoje ainda que a maioria não jogue mais amarelinha, elas aprendem e desde cedo, por amor, a pular de uma perna só os quadrados da vida em busca do céu que elas tanto merecem...

Publicado na categoria: Coluna do Lineu