Quarta, 25 Novembro 2020 13:51

A Procura de mim

Escrito por
Vote neste texto
(0 votos)

 

Procuro a mim mesma

E tudo o que a mim pertence,

Pois percebo que até hoje

Não fazia distinção

Entre o que era meu ou dos outros.

E nesse viver de muitos

Absorvi tanta lama,

Água suja, aberração.

Nada disso me pertence

Quero apenas ser minha versão.

Procuro a mim mesma

E tudo que em mim se esconde

Sem interferências ou influências,

Sem heranças nem lembranças.

Preciso percorrer

O labirinto do meu ser,

É lá que vou encontrar

Na intimidade da minha alma

Meu pensar, minha palavra.

Meu genuíno viver.

 

Zezinha Lins

Poema publicado no livro E POR FALAR EM MULHER... (2019)

 

Lido 36 vezes Última modificação em Quarta, 25 Novembro 2020 14:02

Deixe um comentário