Terça, 24 Novembro 2020 09:36

*Fogos da Artifício*

Escrito por
Vote neste texto
(1 Voto)

 

Como se descreve o inusitado?

Como se define o indefinível?

 

O inatingível, ali, ao alcance do que a vista nunca imaginou.

 

A certeza do que nunca foi certo.

 

E os fogos de artifícios explodem,

Emergem da alma,

Jogam ao chão, conceitos, preceitos, defeitos!

 

“Faça-se a Luz” - há tempos profetizado!

“Levante-se o Mar” – determinado pelo cajado!

 

 

E as luzes se formam...

Circulam numa ciranda infantil...

Iluminam a escuridão...

 

O sorriso escondido aprova!

Renova!

 

E o mundo?

 

O mundo Eterniza...!

 

Angela Lazari

(Aos vinte e quatro dias do mês de Novembro de 2020).

Lido 40 vezes Última modificação em Terça, 24 Novembro 2020 09:40
Mais nessa categoria: « *Olhar* MORTE »

Deixe um comentário