Terça, 24 Novembro 2020 09:00

*Um ou dois drinks*

Escrito por
Vote neste texto
(1 Voto)

 

Cuidarei de nossos corpos,
Com a ternura explícita que tempera afinidade de almas,
Alimentando vontades intensas,
Entre um ou dois drinks.

 

Entregarei meu olhar,
Aberto a tantas possibilidades,
Dispondo do nosso presente,
Como o melhor presente,
Inerente ao desvario deslumbrante da música,
Que soa em meu pensamento.

 

Do mágica incógnita,
Atraída de instantes que parecem tão fugazes,
Terei as tuas mãos, deslizantes pela minha face,
E teus braços rondando a minha cintura,
Adornados de palavras silenciosas,
Que somente a leve embriagues confessará o que sobremaneira,
Deve ser confessado.

 

Entre um e dois drinks,
Todas as possibilidades serão tangíveis,
Inegáveis,
Saciáveis.
Inadiáveis.

 

Justificado será,
Este voo rasante,
Neste Universo em encanto,
Numa intimidade de olhares cruzados,
Em almas não tão distantes.

 

Entre um ou dois drinks...
A verdade explícita.
A espera com borbulhas no estômago.
O estourar do champanhe que não terá tempo,
Dentro do nosso tempo.

 

E entre nós.
Uma fragrância amadeirada e doce,
Como um brinde,
Ao inesperado,


Tão inegavelmente esperado...!

 

Angela Lazzari

(Aos dois dias do mês de Março de 2020).

 

 

Lido 42 vezes Última modificação em Terça, 24 Novembro 2020 09:06

1 comentário

Deixe um comentário