Quarta, 16 Dezembro 2020 10:11

Família Virtual!

Escrito por
Vote neste texto
(1 Voto)

Família virtual...

 

Imensa família virtual,

Confraria de emoções.

Como um contínuo luau,

Abrasa nossos corações.

 

Em uma noite tardia,

Achei ternos amigos.

Calor no peito fazia,

Aliviava os castigos.

 

Fiz desta minha morada,

Onde as letras escoam.

Sinto a mente revirada,

Quando seus poemas entoam.

 

Meus confrades, meus irmãos,

Reis Poetas e Rainhas Poetizas.

Minha alma honrada por tantas mãos,

Brilha e flutua por suaves brisas.

Lido 102 vezes
Mais nessa categoria: « AMEI DEMAIS Água na boca »
Entre na Casa da Poesia para comentar