Terça, 01 Dezembro 2020 23:37

Tenho que falar das Flores

Escrito por Isma
Vote neste texto
(0 votos)

Vejo pedras pelo caminho,

Nuvens cinzas, dissabores,

Eram rosas, são espinhos,

E eu não falei das flores.

 

Vejo olhares sem destino,

Uma tempestade de horrores,

Não tem água, não tem vinho,

E eu nem falei das flores.

 

No passado eu vi o futuro,

Ninguém fala dos amores,

Só tristeza e agonia,

E eu não falei das flores.

 

Tempestade e desatino,

Escuridão nos corredores,

Não há pássaros no ninho,

Deixe-me falar das flores.

 

Tão suaves e perfumadas,

Tantos tipos, tantas cores,

Hoje, não peça-me nada,

Nem que a morte nos separe,

Tenho que falar das flores.

 

                    Isma 01/12/20

 

Lido 99 vezes Última modificação em Quarta, 02 Dezembro 2020 18:48
Mais nessa categoria: « *Álibi* À Deriva... »

2 comentários

Entre na Casa da Poesia para comentar